Anteriormente em Anjos de Deus (parte 2)

Seja bem-vindo a parte 2 do nosso previously! Que bom que você veio ler esse aqui também!

A última reunião falou sobre a vida cristã em sociedade.

Começamos a reunião jogando Adedanha/Adedonha/Stop (chame do que quiser). Já adianto que não da pra brincar disso com Mariana. A cabeça dela pensa muito mais rápido do que o normal. Ganhou humilhando.

Mas o que essa brincadeira tem de relação com o tema da nossa reunião? Ela é o retrato da vida em sociedade. Cada um cuidando do seu, tentando terminar o mais rápido possível pra ser o primeiro e vencer. Sozinho. Ninguém ajuda ninguém, e a vitória é comemorada na solidão. (calma, não deixamos a Mari comemorar sozinha, somos amigos legais).

Somos cristãos e vivemos em sociedade. O que não quer dizer que temos que nos adaptar a sociedade e anular nossas características pessoais. Não temos que fazer parte de um todo que só busca vencer a qualquer custo, passando por cima de tudo, sem se importar com nada.

O Catecismo da Igreja Católica diz em seu parágrafo 2013: Todos somos chamados a santidade. “Sede perfeitos, como Vosso Pai celeste é perfeito.” (Mt 5, 48). A nossa vida, em todos os aspectos, inclusive em sociedade, deve sempre buscar a santidade.

Assistimos um vídeo de um poeta, Bráulio Bessa, declamando sua poesia Heróis da Vida Real (você pode ver o vídeo na nossa página no Facebook, ou nesse link https://www.youtube.com/watch?v=IVoD-o2dGD0 ). Um ótimo exemplo de busca de santidade.

“Os santos não são super-homens, nem nasceram perfeitos. Eles são como nós, como cada um de nós, são pessoas que antes de alcançar a glória do céu levaram uma vida normal, com alegrias e sofrimentos, dificuldades e esperanças. Mas o que mudou a sua vida? Quando conheceram o amor de Deus, seguiram-no com todo o seu coração, de maneira incondicional, sem hipocrisias; dedicaram a própria vida ao serviço do próximo, suportaram sofrimentos e adversidades sem ódio, respondendo ao mal com o bem, difundindo alegria e paz.” Papa Francisco no Angelus de 01/09/2013

Pra terminar, conhecemos dois exemplos de pessoas que viveram buscando a santidade, sem se deixar abalar pelas adversidades da vida. São Domingos Sávio (http://cruzterrasanta.com.br/historias-de-santos.aspx?idsanto=137#c) e Beata Chiara Luce (http://www.focolare.org/pt/news/2012/10/29/beata-chiara-luce-badano/). A vida deles nos serve de inspiração para não desistir quando os obstáculos surgirem.

A santidade é para todos. Por isso, todos somos chamados a caminhar pela vereda da santidade, e esta senda tem um nome, um semblante: o rosto de Jesus Cristo. É Ele que, no Evangelho, nos indica o caminho: a via das Bem-Aventuranças.

 

Esperamos vocês na Neon Party, no próximo sábado (23/09/2017) no Salão Nobre da Paróquia de Santo Antônio, começando com a Santa Missa às 18h. nos vemos lá!